SEJAM BEM VINDOS!

FELIZ 2013...e desculpas pela sumidaaaa

Ando muitoooooooooo ocupada o que me impede de blogar aqui, sinto muita falta aqui do meu cantinho, planejo postar, mas aí vem as obrigações e quando vejo já estou morta de cansada e nem dá pra digitar, pensar e coisa e tal.
Cuidar de dois não é fácil, eles precisam de dedicação integral, mal tenho tempo pra me banhar, escovar os dentes...
como promessa para 2013, vou estar mais presente aqui, pra dividir com vocês um pouco de tudo...das emoções, da saudade do meu Lucas e da rotina de cuidar de gêmeos!!!
No mais:
DESEJO A TODOS UM FELIZ ANO NOVO
QUE 2013 SEJA MUITAS REALIZAÇÕES E QUE TODOS OS SEUS SONHOS SE REALIZEM
OBRIGADA A TODAS E TODOS QUE ME ACOMPANHAM EM TODO ESSE TEMPO!!!
ADORO VOCÊS!!!!

A golfada na vendedora!!!

Sinceramente eu não estava preparada para isto, são tantas informações que a gente meio que se perde e uma deles é esquecer que bebês ainda não tem controle sobre o organismo e podem fazer suas "necessidades" a qualquer hora e em qualquer lugar. Os meus soltam "punzinhos" bombásticos em qualquer lugar, no meu colo quando estou conversando com algém, no colo do papai e dos avós, é uma comédia!!!! Já fizeram cocô, mas daqueles que vem com tudo, e fazem aquele barulhão, kkkkkkkkkk!!!
Mas ontem foi uma situação inusitada, da qual eu sinceramente fiquei sem ação. Fui a uma cidade vizinha comprar roupinhas para eles, entro na loja com meu marido e os bebês, cada um em  um colinho, e quando a gente sai, todo mundo quer pegar, saber deles e na loja não foi diferente, as vendedoras vieram loucas em nossa direção e cada uma pegou um, quando de repente eu vejo aquela cachoeira de vômito, mais conhecido como golfar, do meu rapaz, bem no peito da vendedora, mas pensem numa golfada daquelas, na hora eu pasmei, não sabia se eu limpava a vendedora, se eu limpava meu filho, e eu pedindo desculpas a moça e limpando os dois ao mesmo tempo, meu marido sabe como sou, e já foi pegar o menino, e as vendedoras, inclusive a que levou a golfada dizendo que não tinha problema, que tinha filho e que é assim mesmo ....Gente, pensem numa situação, eu arrumei aquele escândalo, eu fiquei com dó do meu menino tão inocente lá olhando tudo sem saber de nada, a vendedora se limpando e meu marido falando coisas pra ameninzar a situação...
Fica a dica, bebês fazem suas "necessidades" em qualquer lugar, em qualquer pessoa, isso pode acontecer com vocês.

5 meses

Não estou conseguindo postar na data certa, que no caso seria dia 13, mas enfim, os 5 meses chegaram, parece que foi ontem que eles nasceram, tanta coisa já aconteceu, tanta experiencia já adquiri, tantos erros, acertos, foi tudo muito intenso, tem horas que eu olho e penso: será que tudo isto é verdade!!!
Aos 5 meses da duplinha muita coisa mudou, o que eles fazem no momento:  
Dormem a noite toda (isso se eu acordá-los por volta das 19:00h. e brincar com eles até as 22:00h.), para assim dar o banho da noite e mamadeira, caso contrário acordam na madrugada;  
já ficam sentados bem mais firmes, isso com ajuda de almofadas; no banho brincam com a água e com brinquedinhos do banho; já viram de um lado para o outro na cama, no berço, 
não posso descuidar 1 minuto, pois viram mesmo;  
quando colocados de bruço, já erguem a cabecinha e ficam durinhos;  
já nos reconhecem;  
dão gargalhadas maravilhosas;  
comem caldinho de feijão, papinha e frutinha raspadinha, aliás amam!  
não estranham as pessoas, são súper comunicativos;  
sentem falta dos banhos, quando ta aproximando a hora, eles ficam enjoadinhos,   
as roupinhas já não servem mais, o rapaz dependendo da marca, já veste roupa de 1 ano  
usam fraldas M  
adoram o dvd da Galinha Pintadinha, assistem os 3 um atrás do outro, srsrsrrsrs  
não gostam de suco, affffffffff  
o cabelo da mocinha que havia caído voltou a crescer  
o rapaz que era careca, agora é um ex-careca, heheheeh, cresceu cabelinho
 Enfim, já são 5 meses, nossa que alegria. 
Cuidar de gemeos não é fácil mesmo, mas Deus coloca o amor incondicional no nosso coração para podermos vencer o cansaço e cuidar dos pequenos!!

Galinha Pintadinha: ela é a babá srrsrsrsr!!!!!

É isso mesmo, descobri a tal da Galinha Pintadinha, na verdade nunca tinha ouvido falar, até que uma amiga veio me visitar e contou que desde os 4 meses de idade ela colocou o dvd da galinha pra bebê dela assistir e o resultado é fantástico, ela amava e ficava quietinha. Passados alguns meses depois da visita dela eu lembrei disto, baixamos os dvd's e colocamos pra duplinha aqui assistir, e o resultado, foi uma maravilha, eles amam!!! Param diante da tv, assistem sem piscar e ainda choram quando o dvd acaba, não é coincidência, nem loucura da mãezona aqui não, quando está no final meu menino já sabe e começa a chorar, eu coloco de novo e aí para o chororô!!!
Digo que é a babá deles, enquanto assistem o dvd eu arrumei uma alternativa pra poder fazer o almoço, amém!!!!!!!!!
Gosto dos 3 dvd's, mas o meu preferido é o 2, porque as musicas são bem  bonitinhas!!!!
Então fica a dica, mamães, meus bebês desde os 4 meses assistem e amam, vale a pena!!!!

Dia 15 foi de muita saudade

Tenho dois dias que me marcam profundamente, o dia 15 foi o dia que meu amado Lucas se foi, eu sinto todos os dias 15 um vazio em meu peito que dói demais, também os sábados não são mais os mesmos, porque foi num sábado, que seria de alegria, que meu pesadelo veio a tona...mas sobre o sabado eu já tenho melhorado bastante, afinal sábado é dia de descanso, de passear e eu não posso fazer isto!!!!
Este dia 15 agora eu senti muito a falta dele, não sei porque exatamente este, talvez porque eu tenha pensado muito em como ele estaria agora, com exatos 1 ano e 10 meses se estivesse comigo...ja seria um rapazinho, falando, andando!!!Nossa como dói né amigas!!!!
Hoje eu tenho meus amados aqui comigo, mas o lugar do Lucas é dele, lembro muito , de tudo que eu não pude viver com ele, vejo o crescimento dos meus pequenos e penso que não pude ver o dele, nossa, é um sentimento muito louco!!!! 
Infelizmente eu ainda verei muitas mamães perdendo seus bebês, esses dias mesmo uma querida perdeu novamente seu bebezinho, ela estava tão feliz com a nova gestação e Deus quis novamente a anjinha dela, perdeu pelo mesmo motivo do outro, aos quase 8 meses de gestação, é uma lástima, eu não sei mesmo, tentei conversar com ela via msg mas foi algo muito dificil, eu só peço muito a Deus por ela, elevo meu pensamento a Deus e peço pela vida dela, peço que vocês peçam por ela, se chama Girlene.
Então amadas é isto, o dia 15 foi de muita saudade....
Saudade, saudade!!!!
Meu eterno amor.
Amamos você!!!
Mamãe, papai e irmãozinhos!!!!

Tá chegando a hora de ficar sozinha...

Isto tem me apavorado, ficar sozinha com os bb's aqui!!! 
Deixa eu explicar, meu marido consegiu 5 meses de licença, (é uma longa história)!!! Mas elas acabam dia 19 de novembro agora e o pai zeloso e cuidadoso, que me ajudou aqui com tudo, dando banho, arrumando, mamadeira, ficando com eles pra eu poder arrumar casa, está voltando pro serviço. Eu não volto, porque abri mão por um tempo da carreira pra ver meus filhos crescerem, mas alguém tem que botar comida em casa ne kkkkkkkkkkk!!!Então, tô me preparando psicologicamente, mas tá me dando arrepio aqui. Vou sentir muita falta dele aqui com a gente, resolvendo os pepinos, dando aquela força....
Ai meu Deus, toma conta de nós e me dê muita força pra cuidar da duplinha aqui!!!!

Convite - Bazar de desapegos!!!

Meninas vim compartilhar com vocês como está evoluindo a questão do bazar, na verdade eu vou ampliar meus negócios, como não posso exercer minha profissão no momento (pedagoga), porque eu decidi ficar um tempo afastada pra cuidar dos meus filhos. Aqui onde moro é interior mesmo, uma cidadezinha que não chega a dez mil habitantes( oooooooooohhhhh) e só tem 1 loja que vende produtos para bebês e não tem variedade, quando eu preciso eu tenho que andar no mínimo 200km para achar a cidade grande kkkkkkkk.
Bom, voltando ao foco, nessa de bazar eu andei participando de grupos no face e descobri que existem trocentos bazares pessoais, de desapegos, como a maioria chama, eu não sabia disto, mas na cidade grande (risos) isso é muito comum. Existem perfis no facebook, de mamães que fazem álbuns com os mimos e desapegos de seus bebês, e deixa eu contar pra vocês, os que vi são muito bons e vendem mesmo. 
Venho então convidar a todas vocês mamães, amigas de blog que se interessarem pra também desapegarem, pra montarem seus perfis ou álbuns no face pra vender ou trocar os pertences, roupas e brinquedos de seus bebês que ainda estão em bom estado de conservação. Ei já fiz algumas clientes, já enviei algumas pecinhas que vendi e também me apaixonei por alguns bazares, já comprei. 
E aí, gostaram da idéia?
Eu como disse, vou ampliar a idéia e vou montar uma lojinha( olha que pretensão) de roupas novas e usadas, aqui na minha cidade está carente e vou arriscar.
O convite está aberto, se alguém de vocês mamães aí embarcarem junto na idéia, me falem, pra gente divulgar e compartilhar, vamos negociar muito, quem sabe rolam trocas...
Abraços!!!!
Estou montando meus desapegos e logo deixo o link aqui!!!!!

Brincando com o pezinho da irmã!!!

Esses dias eu me deparei com uma cena tão fofinha!!!Estava no quarto e os bebês na sala assistindo a "Galinha Pintadina", de repente eu ouço uma empolgação, uns gritinhos, e um mexe-mexe, vou correndo ver e quando chego, vejo o meu menino chupando o pezinho da irmã, isso mesmo, rachei de rir, e é claro , registrei.
Amigas me perdoem por não postar fotos dos bebês, mas é que já tive muitos problemas com o blog...
Me procurem no facebook!!!

2 de novembro: meu aniversário e saudade!

Sempre foi motivo de piada na escola, nossa uma pessoa nascer no dia de finados!!! Mas com o tempo fui crescendo e o trauma foi passando, já encaro na boa e faço até graça. Hoje em dia fazer aniversário é pensar: estou ficando velha!!! Antes quando somos crianças é o dia de ganhar presente, a vontade de fazer 15 anos depressa, depois 21 e por aí vai, até que você chega nos 30 anos de idade kkkkkkkkkkk!!!!!!Pois é cheguei!!!
Os ultimos dias 2 de novembro tem sido marcantes, há 3 anos atrás eu tava grávida do meu amado Lucas, meus pais compraram bolo e fizeram uma mini festinha entre nós e meu marido, tiramos fotos e eu com quase 8 meses de gravidez, com a barrigona e cheia de alegria. O outro ano foi assim tenso, achava que estava grávida de novo, alias já tinha feito o exame, meu niver tinha dado num sábado e pegaria o resultado na segunda-feira, então passamos meu niver bem apreensivos, e quando foi segunda eu peguei meu positivo novamente, eram meus gêmeos a caminho e eu nem imaginava. 
Este ano, foi meu niver mais feliz, com meu sonho realizado, meus filhos fortes e saudáveis e também marcado por uma imensa saudade!!!!!
Fui ao cemitério visitar o túmulo do meu Lucas e lá estava a lápide com sua foto, lindoooo, chegamos e entregamos sempre a Deus!!!!
Saudade!!!!!!
Saudade!!!!!

E quando pensamos que não vamos dar conta

Então meninas, este sentimento de impotência tem invadido a minha vida nos últimos dias, a sensação de que eu não estou conseguindo...
Cuidar de dois bebezinhos ao mesmo tempo não tem sido fácil, primeiro porque a início de conversa, eu não tenho ajudante em casa,  portanto, lavo, passo, cozinho, tomo conta de mim, deles, marido do cachorro, uma loucura. Tem dias que minha casa tá virada de pernas pro ar, eu passo e vejo o chão da minha cozinha sujo e não posso arrumar, vejo o cesto enchendo de roupas e não posso lavar naquele momento, tudo precisa estar de acordo, não é sempre que eu vejo as coisas e posso fazer, meus filhos são prioridade e as coisas tem ficado assim!!!
Com eles também não tem sido fácil, eles tem uma sintonia absurda, acredito que aconteça com todos os gêmeos, quando um chora, dorme e acorda, tem fome, sente calor o outro também sente. Já aconteceu de estarem dormindo profundamente, um acorda e o outro imediatamente acorda e não é por causa do choro não, porque sempre tenho o cuidado de tirar pra não perturbar o outro, mas de nada adianta. Eles mexem juntos dormindo, soltam punzinhos, tudo junto, só o cocozinho que não é. Sendo assim, quanto estou sozinha em casa e os dois sentem fome e choram eu fico muito mal, porque sou uma só, não consigo cuidar dos dois ao mesmo tempo, isto me angustia, é muito doloroso pra mim ter que ver o choro do que fica pra depois.
As vezes me bate um desespero, não vou mentir!
Deus tem me ajudado muito, e só de ter eles aqui já é maravilhoso  mas não há como mentir pra vocês, por tras de tudo há muitooooo trabalho!!!
Ainda tenho pensado no futuro deles, é muitoooo precoce, mas olho pras carinhas lindas e penso: tanto amor, tanto cuidado, será que serão pessoas de bem...afff, fica pra outro post!

O que acham da idéia de um bazar

Bom meninas, gostaria da opinião de vocês! A início de conversa, quem é mãe sabe como os pituxos crescem rápido e acaba que a gente nem usa tudo que compramos e o que usamos as vezes é muito pouco, a roupa fica praticamente nova. A vida tá difícil pra todo mundo e as coisas são muito caras, eu que moro no interior, primeiro não há loja de bebês de grande porte, e as que tem não tem variedade e as roupas que tem são caríssimas. Então, tenho pensado na idéia de montar um bazar, até já pesquisei na internet e existem muitos, de perfis mesmo no facebook de mamães que vendem as roupinhas, calçados e acessórios de seus bebês, te até um otimo grupo no face, que estou participando. Como estou aqui no blog há muito tempo e penso que muitas mamães visitam, gostaria de saber o que vocês acham. Deixem a opinião mesmooooooooooooooooooooooo.

Tirando da cama e ...berço a vista!

Vocês vão achar demais, mas até hoje, com meus pequenos quase fazendo 5 mêses dormiam na cama com a gente!!! Como cabiam os 4 na cama? Era mais ou menos assim, um pra baixo, outro pra cima, gente de lado, de ponta cabeça, kkkkk uma mistura de gente!!!!!!!! Pra completar a festa eu e meu marido "mudamos para o quarto deles, colocamos nossa cama e ocupava o espaço quase todo, ficava muito apertado, mas estávamos lá chocando a cria. Ontem me bateu aquela coragem, é hoje que eles vão pro berço, e foram...São dois bercinhos, um pra cada, mas pra iniciar, coloquei os dois em um só, ai meu Deus, como foi difícil.Demos o banho da noite, e eu deixei o pai fazer o serviço, não aguentei, fiquei na sala e ele fez os dois dormirem lá e eu na sala com o coração na mão, ficar sem os pituxos na cama era demais pra mim kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....mas segui o conselho de todos, que se eu não tirasse agora, (ou melhor, já era pra ter feito isto há muito tempo atrás), eu não conseguiria mais. Depois que eles dormiram eu fui la ver e estavam tão bonitinhos, um pra cima e o outro pra baixo, bem a vontade, com os bracinhos abertos, com carinha de que estavam bem, aí eu me tranquilizei. A noite dormiram inteira e toda hora eu acordava pra ver se estavam bem.
Então amigas, foi assim, muito tarde já mais a mãe aqui é coruja demais, e imaginem como está tudo. Acho que quando a gente perde um filho e tem outro, a gente quer fazer tudo pra estes e o que não viveu com o outro e aí fica assim, talvez eu tenha que mudar muita coisa, a superproteção, mas isto fica pra um novo post.

TESTE: FRALDA PAMPERS SUPERSEC E TOTAL CONFORT

Já falei anteriormente sobre produtos que aprovei e não gostei durante este tempo que exerço a função de mãe. Hoje venho falar das fraldas que mais gostei, explicando o porque de cada uma.

Supersec: é a Pampers da embalagem vermelha, ela como o nome diz, deixa o bebê sequinho mesmo, aguenta muito tempo, chego a ficar uma noite inteira com ela, quando os bebês não acordam durante a madrugada. Ela é super leve, quando peguei nela pela primeira vez, por usar outra fralda de outra marca, ( a fralda era mais grossa) eu não acreditei muito nela, mas quando eu usei, de cara já vi a grande diferença, superioridade em relação as outras marcas que já usei. Ela no tamanho P, veste até 7kg, o que é um diferencial, e na minha humilde opinião, acho a fralda maior que as outras no mercado(digo, as marcas que já usei), veste muito bem mesmo, tanto é que as fraldas de tamanho P de outras marcas que usei, nem entram mais na minha pequena, enquanto a P Supersec fica boa ainda pra ela. Meu menino usa já o tamanho M, porque ele é mais forte que a irmanzinha, e mais uma vez o tamanho surpreende, veste até 11kg. Portanto, eu recomendo a fralda Pampers Supersec principalemente para os meses iniciais, ela não irrita a pele do bebê, e quando sentimos sua textura macia vemos o quanto ela é "diferente".
Total Confort: mais uma da marca Pampers, esta é a da embalagem verde, eu comprei um pacote para experimentar para ver o que todo mundo diz, além de saber que é boa, pois já uso a supersec. Bom, de início ela não difere muito da outra não, é a mesma textura, o mesmo formato, ela é mais branquinha por fora, e a faixa tem bichinhos desenhados, ah, outra vantagem é o sistema abre  e fecha, ela não é de adesivo, ela tem tipo um velcro que adere e solta quantas vezes for necessário. Bom agora o grande diferencial pra mim, que eu amei foi o sistema que tem que deixa o bebê movimentar-se sem apertar, pois ela tem um "elástico" na cintura, laterais super elásticas Centopéia Flex. A meu ver, ela seria mais interessante para o bebê que já engatinha ou já anda, porque ela é um pouco mais cara que a supersec e para o bebê mais novinho acredito que não há necessidade disto. O que justificaria a mãe comprar para um bebê mais novo, tipo da idade dos meus, seria o fato de a barriguinha encher de leite e não apertar na fralda, só por isto.
Então amigas esta é minha opinião sobre as fraldas, muito boas, aliás excelentes, não tenho do que reclamar.
Tenho andado sumida, mas é que a rotina gemelar é muito puxada e nem sempre tenho tempo para postar, gostaria de estar dividindo mais experiências com vocês. 

4 mêses...como tudo está mudando!

Amadas, estou sumida, me perdoem, mas é que as coisas andam muito corridas por aqui, como entrei de licença-maternidade agora retornei aos estudos, faltavam 3 disciplinas para eu concluir minha faculdade. Também estou sem ajudante em casa e tenho que dar conta de tudoooo, além, é claro dos 2 pituxos aqui, querem mais srsrsrsrsrs!!!!!!!!!
Dia 13 eles completaram 4 meses, pela graça de Deus, com saúde e com muitas mudanças que aconteceram tão rapidamente que algumas eu nem tive tempo de perceber quando aconteceram, de vez em quando eu lembro aqui com meu marido das coisas que aconteciam e que de repente não existem mais, tomamos aquele susto!!! 
A início de conversa, o nariz entupido do meu rapaz que não parava por nada, (já falei aqui no blog), acabou, não sei quando, mas há umas duas semanas atrás eu lembrei que ele tinha este problema, e graças a Deus não tem mais, sarou sozinho, pois nós cansamos das nebulizações e deixamos acontecer...
Outra grande notícia é que a noite eles estão dormindo, nossa, isso é um sonho , ao lembrar que acordávamos 3 a 4 vezes na noite no início para dar mamadeira, íamos na cozinha preparar meio que dormindo, agora eles dormem, de 11:00hs. até de manhã. 
Já nos reconhecem, acompanham com os olhos aonde estamos, é lindo demais. E as risadinhas lindas, é só eu olhar pra eles e sorrir que eles correspondem, agora não é mais aquele sorriso involuntário de antes, eles sorriem por algum motivo. Ah, quando eu dou algum brinquedinho pra eles, tambem abrem o sorriso. 
Dentes, parece precoce, mas eles já estão dando sinais de aparecerem, já babam bastante, e adoram um mordedor, aquela escovinha então que a gente coloca no dedo pra massagear, eles amam, e sinto a mordidinha forte deles, é muito engraçadinho.
Já pegam pequenos objetos, seguram firme e quando colocamos mais afastado, eles levantam as mãozinhas pra pegar. 
Adoram o dvd da Galinha Pintadinha, assistem sem piscar os olhos, a minha mocinha um dia desses eu vi ela encostando a mãozinha na telinha do dvd pra pegar os desenhos, quase cái pra trás, a mãe babona!!!!Achei a inteligencia em pessoa, nossa, mãe sabe como a gente fica diante destas coisas kkkkkkkkkk.
Então, é mais ou menos isto, mudanças incríveis aconteceram, eu não acreditava que elas aconteceriam, mas as coisas que as pesssoas dizem que  passam quando a gente tá no comecinho, podem acreditar, passa!
No mais peço desculpas pelo sumiço, sinto muitaaaaaaaaaaa falta do meu blog , do meu "cantinho", mas é que não está dando mesmo pra estar aqui.

GÊMEOS : quando os 2 choram ao mesmo tempo

Bom queridas leitoras, tenho andando muito sumida... não é por falta de vontade, porque amo meu blog, é por falta de tempo mesmo, as coisas não tem sido fáceis por aqui e até hoje eu digo que ainda estou em processo de adaptação para cuidar de dois bebezinhos ao mesmo tempo. Cansada  demais, tem horas que nem sei exatamente o que estou fazendo, perco meio que a noção de tempo, espaço, faço coisas inacreditáveis, como ir a cômodos da casa sem saber porque, guardar coisas em lugares que não são seus, enfim, cansar tanto de as vezes até tontear pela casa, é verdade gente, é muito corrido e cansativo, tenho me virado nos 30 pra dar conta. 
Então nessa correria toda o que mais me deixa apavorada é quando estou sozinha em casa e eles acordam ao mesmo tempo morrendo de fome, aí é aquele berreiro total, eu fico sem saber o que fazer, sempre pego o que está chorando mais, e vou dar mamadeira pra ele primeiro, nisso eu tenho que ir fazer a mamadeira, ferver a água no microondas, misturar o leite e esfriar, geralmente com o bebê no colo e ouvindo o outro(a) chorando no berço, gente imaginem o meu desespero em não ser capaz de me transformar em uma super mãe e dar mamadeira aos dois ao mesmo tempo. Começa meu dilema, sentada no sofá, dando a mamadeira e espichando o pescoço pra ver o outro que chora no berço, peço a Deus pra o tempo passar rápido e que a mamadeira acabe logo, quando acaba aí eu levanto e ponho pra arrotar, vou pra perto do berço e tento consolar o outro até eu terminar tudo. Depois volto o mesmo percurso, microondas até sentar no sofá e espichar o pescoço.  Eu morro de pena em ver um deles chorando, da vontade de ser duas ao mesmo tempo. 
Alguém tem alguma dica para eu resolver este problema....
Vida de mamãe de gêmeos é assim, mas o cansaço é regado por muito amor!!!
Agradeço a Deus até meu cansaço, pois quem já perdeu um filho sabe que antes casada e tê-lo em seus braços do que sofrer como acontecia comigo.

Tenho 3 filhos simmmmm

Sinceramente eu não entendo o porquê de as pessoas não considerarem que eu tenha 3 filhos, afinal eu gerei meu anjinho Lucas por 9 mêses, 40 semanas, ele esteve dentro de mim e fez parte de nossas vidas, foi amado, desejado, e teve "vida sim", em meu ventre e em nossos corações. O fato dele ter nascido "morto" não significa que ele não tenha sido meu filho! Não sei classificar o que as pessoas sentem, pensam, até tento sabe, mas tem horas que não dá. Já tive o desprazer de estar ao lado de uma pessoa que ignorou o fato dele ter sido meu filho, ainda dizendo coisas horrendas sobre Deus, eu creio que ele está ao lado de Deus, e isso ninguém me tira, e o fato dele ter partido é porque Deus sabe de todas as coisas e ponto final, independente de crenças religiosas. Bom, contiuando o desabafo, quando me perguntam quantos filhos eu tenho, logo responde 3, dois estão comigo e 1 deles mora no céu, as pessoas fazem aquela cara de nem sei o quê, juro que tento me colocar no lugar delas, tento encarnar a cara de espanto, até aí tudo bem, mas aturar o fato de quererem "apagar" a existência de meu amado filho Lucas eu não aceito. 
Hoje eu tenho meus gêmeos que são a minha força, minha alegria, mas sempre serei a mãe do Lucas, não é porque eu tenho agora 2 filhos que eu perdi o sentimento, o amor, eu tenho 3 filhos simmmmmmmmmm!!!!
Por favor, não "apaguem " o meu filho Lucas, ele vive dentro de nós!!!!

Selinhos que ganhei

Amigas queridas de blog, Patricia e Sil , obrigada pelo selinho que me enviaram, fiquei muito feliz!!!Patricia, mil perdões por não ter postado antes, mas foi "postado em meu coração" antes de tudo !!!!!
Obrigada mesmo!!!!
Ofertado por Sil do blog:  http://esperandosermae.blogspot.com.br/ 

Ofertado por Patricia do blog:  http://sonharsefaznecessario.blogspot.com.br/ 
MEU MUITO OBRIGADA QUERIDAS AMIGAS!!!!

Produtos que amei e que não gostei

Agora sim tenho condições de fazer este post, para falar o que realmente valeu a pena comprar e o que não gostei . Quando vamos fazer as compras todo mundo dá pitaco, fala disto, daquilo, que é ótimo, maravilhoso, e a gente, sem experiência, meio que enterra a cara e sai comprando coisas que não condizem com a propaganda. Por outro lado eu descobri coisas muito boas, das quais eu recomendo e posso fazer um breve comentário aqui pra vocês.
Bom, quero deixar claro que é apenas uma opinião, isso varia de acordo com a situação, com o bebê que vai usar, pode ter sido ruim pra mim , mas para outra mamãe pode ser ótimo e vice-versa.

Sabonete "Hora do sono" (Johnson & Johnson): vi a propaganda e no começo eu não acreditava que um simples sabonete, que promete exalar essências que acalmam, pudesse realmente fazer efeito. Bom mamães, eu arrisquei, comprei e simplesmente apaixonei, é muito bom e cumpre com o que promete. Funciona, deixa meus bebês mais calmos, e depois do banho, principalmente o último banho da noite, eles relaxam e dormem bem. Digo que funciona pois antes eu usava outros sabonetes e eles não faziam o relaxamento como o hora do sono. Ah existe toda a linha hora do sono, mas só usei o sabonete mesmo. APROVADO, RECOMENDO.
Higiapele (Johnson & Johnson): outra grande descoberta, é uma loção que deve ser usada na troca de fraldas, ela limpa todo e qualquer resíduo, seja de xixi, fezes e o melhor, tira a pomada contra assadura. No final a pele fica macia. Ponto negativo é o cheiro que achei ruim. APROVADO.



Toalha-fralda: indispensável, uma vez que a pele do bebê é muito delicada e sensível, as toalhas de banho tem a textura um pouco grossa para o bebê, mesmo aquelas que vem com uma fralda pregada nela, não adianta, pois a fralda é pequena e não envolve todo o bebê. A toalha -fralda, eu uso é da Cremer, aquela estampada, no meu caso, uma de menina e outra de menino, fora que ela tem o comprimento acho que de 1,20m x 0,70cm, o que dá pra enrolar bem, faço da seguinte maneira, coloco na cama a tolha de banho comum e depois por cima eu coloco a toalha-fralda aberta, para receber e enrolar os bebês, na hora de enxugar, ela faz bem o seu papel, de maneira súper delicada.
Sabão OLA Bebê: bom, pode parecer frescura, mas eu não lavo as roupinhas com sabão em pó comum não, eu acho que deixa a roupa com cheiro forte demais, aprendi com uma amiga que que me deu uma caixa de sabão de bebê (não encontrei o mesmo, comprei este) e eu não fico sem. Pontos positivos, todos os possíveis, ele deixa a roupa branquinha, tira as manchas e ainda as deixa macias, não é preciso usar amaciante. Adoro, ele vem na versão líquida e com 4 tampinhas eu lavo um tanque de roupas. APROVADO.
Toalha de boca: talvez o que eu mais gaste aqui com os gêmeos, estava lavando as roupas semana passada e fiz questão de contar, tenho 75 fraldas de boca e elas dão para 3 dias aqui em casa, assustaram né, mas 2 bebês é tudo exagerado mesmo. Eu tenho muita porque ganhei demais, quase todo mundo que vinha me visitar ou trazia isto ou fralda descartável. APROVADO.
Condicionador : coisa que não achei útil, tenho o da Natura e de O Boticário, são cheirosos, o da natura, bem forte, mas no caso de bebezinhos novinhos eu não aconselho, fica desperdiçado, não há necessidade, de usar condicionador. REPROVADO.
Shampoo Johnson & Johnson (Regular): eu adoro, é aquele da embalagem e conteúdo amarelo, cheiro super delicado, além de lavar bem o cabelinho, tirando a oleosidade. Só digo para não usarem grande quantidade porque na banheira tirar muita espuma da cabeça não é fácil, um pouquinho já é suficiente. APROVADO.

Óleo Puro: usei o da natura, que é cheiroso e limpa bem, mas eu gostei mesmo foi o da Johnson & Johnson, o da embalagem rosa clarinho, ele serve pra muita coisa, pra massagear, hidratar e o melhor de tudo, pra remover casquinhas da cabeça, usei pra isso e tive excelentes resultados. RECOMENDO. 
Pomada contra assaduras Hipoglós Amêndoas: indo contra a maioria das pessoas eu amei a Hipoglós amêndoas, da embalagem marrom, eu uso desde que nasceram, não tive sequer uma assadura, nem vermelhidão local, ela não gruda na pele como me disseram, eu super aprovo. Pode ser que a pomada tradicional grude como dizem, eu não usei, mas com amêndoas não faz isto não, amei. RECOMENDO.
Mylicon: remédio para gases super famoso e recomendado pelos pediatras, é o top de linha aqui onde moro, o pediatra me receitou e eu simplesmente não gostei, ele não faz efeito rápido, e não é bom, pelo menos para meus bebês não funcionou. Na verdade o médico que fez meu parto quando me deu alta logo receitou, caso houvesse cólicas e gases nos bebês, o espasmo flatol, eu usei, adorei, recomendo, REPROVADO.
Fralda turma da Mónica Huggies: aqui onde moro as opiniões são diversas, uns adaptam, outros nem podem ver a fralda da marca que já dizem não. No meu caso eu digo sim pra ela, aprovei, pra mim é boa sim, tem uma fita para prender abre e fecha, o que facilita, ela segura bem o xixi e não vasa, o elástico nas laterais não deixa o xixi vazar também não. A média que ela aguenta bem são umas 4 horas no máximo,depois disso eu brinco que fica um "tijolo" de tanto xixi, mas não vaza. APROVADA.
Fralda Pampers: aprovadíssima, vou começar falando da recém-nascido que usei muito, ela é muito boa, tem cheirinho de bebê, tem ótima absorção, e para bebês que nascem pequenos ela é ótima, acho que ela vai até 4 kg. 
A outra que uso também é a SUPERSEC, fralda muito boa, quando eu abri o pacote e vi aquela fralda fininha eu não botava fé, mas usei e adorei, deixa o bebê sequinho mesmo e a durabilidade dela é melhor, aguenta mais sem deixar o bebê molhado. 
Comprei a "total confort" estou aguardando chegar, depois falo dela. APROVADAS.
Trocador de fralda: produto indispensável, eu tenho 4, que vieram com as bolsas de maternidade e com jogo de berço. Os que tenho  são de dois modelos, o que mais gosto é o todo de plástico, pois os que são apenas um lado de plástico e o verso de tecido, quando o bebê faz xixi na hora da troca ( o que acontece quase sempre aqui em casa) molha por baixo e mofa, na verdade eu não havia me dado conta disto, quando fui lavar um dos trocadores ele já esta mofado por causa do xixi. APROVADO.
Prendedor de bico correntinha: não aprovo, vou direto ao ponto, eu vi, achei lindinho, comprei e arrependi, pois a correntinha arrebenta com qualquer coisa, prefiro os de fita de nylon, .
Frasqueira Térmica KLIN:produto indispensável para quando formos sair. Eu tenho a frasqueira da marca KLIN, é ótima, cabem 4 mamadeiras, bem apertadinhas, mas eu levo mesmo são 2 por enquanto, uma pra cada. Eu faço assim, uma dica, quando forem viajar, sair, esquente a água ao máximo, deixe ferver, e tampe a mamadeira, coloque na frasqueira, ela dura quente por muito tempo.
Pote para leite em pó KUKA: outro item que não é frescura não, eu tenho o pote para leite em pó, da marca Kuka, ele vem com 3 divisórias que ao se clocar a medida certa de leite em pó, tem um mecanismo que só sai a medida certa, alem de você poder despejar diretamente na mamadeira, indispensável, produto que não fico sem, fazendo parte do meu kit de passeios, viagens, a frasqueira com mamadeiras com água quente e o leite em pó no pote, perfeitos. APROVADO.
Leite em pó NAN: eu não adaptei, ou melhor, meus bebês não deram certo com ele, ressecou demais o intestino deles, testei o PRO 1,  o CONFOR, e nada, até que mudei para um de mesma marca, o NESTOGENO 1 que é simplesmente maravilhoso.
Lenço umedecido: primeira consideração, não compre lenço baratinho, eles não prestam, eu meio que comprei um assim e digo que eles são ásperos, não são úmidos, e não limpam, neste caso vale a pena investir em um lenço bom, de marca, que vai ser bem melhor, uma vez que se usa menos folhas e limpa sem agredir a pele do bebê. indico o da Pampers e o Huggies, ah, o Personal baby.
Algodão bolinha: não é frescura, é necessidade na correria que é cuidar de dois bebês, quando eu fui comprar meu marido falou que era bobagem que devíamos comprar o tradicional, mas depois ele mesmo viu a utilidade, é prático, e já vem na medida certa, pra gente limpar o bebê é fundamental. 

OBS: QUERO DEIXAR BEM CLARO QUE É APENAS MINHA OPINIÃO, PARA MIM PODE TER DADO CERTO OU NÃO, MAS NÃO É A OPINIÃO FINAL SOBRE O  PRODUTO, UMA VEZ QUE CADA BEBÊ É ÚNICO E REAGE DE FORMA DIFERENTE. 
AS MARCAS CITADAS SÃO AS QUE EXISTEM ONDE MORO.
ACEITO SUGESTÕES DE OUTROS PRODUTOS TAMBÉM!!!!!!

Usando o enxoval do amado irmãozinho

Então, pensei em muitos títulos para esta postagem, mas sinceramente não achei realmente o que queria. Todos que me acompanham nesta longa jornada sabem que eu não desfiz do enxoval do meu filho Lucas ( que está aos braços do Pai), eu guardei tudo do jeitinho que estava, só doei os produtos de higiene e fraldas; também sabem que foi um processo até eu ter coragem de abrir o quarto dele( acontecendo 6 mêses depois da perda) e agora venho contar pra vocês como tem sido usar tudo que era dele em meu filho hoje. 
Bom, confesso que está sendo mais fácil do que imaginava, na verdade eu não sinto nenhuma dor, pesar, eu não choro, eu aceito a condição e só penso, em algumas vezes: "nossa, essa roupa era do Lucas"...quando isto acontece eu logo falo pra meu filhinho que era a roupinha do irmãozinho que mora com Papai do céu...Vejo tudo com amor mesmo, a dor tá tomando seu lugar, o desespero do início, hoje eu me sinto mais tranquila quanto a tudo isto, eu aceito a minha condição, não entendo ainda ao pé da letra, mas aceito, porque foi a vontade de Deus. Eu lembro muito dele, mas pensando que poderia estar aqui hoje com 1 ano e 8 mêses, mas não é dor, é um sentimento modificado, o que era dor, desespero, hoje se transforma aos poucos em saudade...
Mais uma pérola de minha mãe: "no intuito de sempre me consolar ela me diz: filha é como minha mãe fez comigo e com meus 8 irmãos, nós usávamos roupas um do outro, pensa assim, que é a roupinha do irmãozinho que ficou pro seus filhos agora, o mais novo usa roupa do mais velho srsrrsrsrssr... 
Tenho até hoje as fraldas que eu bordei pra ele durante a gravidez, fiz ponto cruz de toda a turma do Mickey, do Piu-piu ficaram lindas, agora as que tinham o nome dele bordado eu deixei guardado pra sempre pra mostrar para meus filhos o amor que tivemos pelo irmãozinho deles!!!
Não sei se todas que estiverem lendo que também perderam seus bebezinhos se guardaram o enxoval, mas  digo, a dor vai se transformando em saudade e usar o enxoval é uma honra pra nós todos aqui em casa, é a prova do amor, do cuidado.

Horas de sono: vigília aos bebês

Começo o post dizendo que ele está sendo escrito as 5:00 da manhã, é isto mesmo, não é erro de digitação srsrrrs. Explico: como já relatei aqui antes meu rapaz tem refluxo nasal e quando isto acontece ele engasga, para o fôlego e temos que fazer todos os procedimentos para que ele se recupere, é cansativo, preocupante e eu só peço a Deus que isto passe logo. Diante do quadro eu e meu marido decidimos que vamos dividir as horas de nosso sono, para podermos vigiar ele, imaginamos que se ele engas enquanto dormimos ele pode ficar mal...Então ficamos assim: enquanto eu durmo meu marido fica acordado na sala assistindo tv, ou mexendo na internet, com a babá eletrônica ligada, toda hora vai no quarto nos ver e observar o que acontece com os bebês; depois é a minha vez, ele vai dormir e eu levanto, e é a mesma coisa, agora mesmo é meu horário acordada e estou aqui blogando srsrsrrsrs, to na babá ligada e vo lá olhar, pois eu dei a mamadeira pra eles, fiquei os 20 minutos com cada no lombo e olha que meu boy já tá com 6 kg, o que significa, muito mais que um saco de acúcar srsrrrs, tô sem coluna, mas minha mãe diz que eu estou pagando os bicos-de-papagaio que que dei de presente pra coluna dela, no último raio x, passava dos 13 rssrsrsrs(praga de mãe pega e a minha veio em dobro, dois pequenos no lombo kkkk). Voltando ao tema inicial, bom ficamos assim, por volta das 23:00h. um de nós vai dormir com os bebês até por volta de 2:00h ou 3:00h. da manhã, depois o outro é que fica, e trocamos o horário, temos que "bater o cartão" kkkkkkkkk. 
Digo que estamos cansados demais, tem horas que tenho atos involuntários, (risos) que nem sei onde estou, coloco objetos em lugares que não são seus, mas tudo vale a pena porque Deus nos deu nossos filhos tão desejados e cansaço nenhum é maior ou comparado a dor de não ter seu filho aqui, eu sonhei muitas vezes em ter o Lucas aqui, ficar acordada, trocando vigiando ele e não tive, agora eu tenho, e não me importo de fazer todo o sacrifício que tenho feito para o bem deles, sobre o sono, afinal, eu tenho muito tempo ainda pra dormir kkkkk....
Ps: minha mãe disse: "esquece, você não vai dormir tão cedo, agora tem o refluxo, depois vem a adolescência, vai ficar em casa no sofá esperando eles chegarem das festinhas...blablabla..."

O BEBÊ DE 2 MÊSES

O bebê de 2 meses
Escrito para o BabyCenter Brasil
Aprovado pelo Conselho Médico do BabyCenter Brasil

Primeiros sorrisos de verdade 
A partir daqui, tudo o que você fizer será recompensado com lindos sorrisos desdentados. Os primeiros sorrisos para valer certamente figuram entre as conquistas que mais tocam o coração dos pais. De certo modo, é a hora do retorno. Você troca fraldas, alimenta, dá banhos, beija e acaricia seu bebê sem grandes recompensas. Mas, de repente, acontece: seu filho sorri e você tem certeza de que não é coincidência. É um momento especial, mesmo que a noite anterior tenha sido dificílima. 
Desenhos mais complexos em alta 
Aos 2 meses, o bebê começa a deixar para trás sua preferência inicial por objetos de duas cores e passa a gostar de desenhos detalhados, com padrões, cores e formas mais complexos. Deixe seu filho olhar e tocar uma gama maior de objetos. Entre as boas opções estão brinquedos de plástico e bolas macias. 
Sono por mais tempo 
Se o seu filho dorme a noite inteira, sinta-se privilegiada. A maioria dos bebês ainda requer uma ou mais mamadas durante a noite. Mas a boa notícia é que ele já deve estar dormindo por períodos maiores, assim como ficando acordado por mais tempo. Grande parte dos bebês de 2 meses dorme em ciclos de duas a quatro horas e permanece acordada por até dez. 
Movimentos menos bruscos 
Os movimentos parecem mais controlados. Você perceberá que o uso descoordenado de braços e pernas dos dias de recém-nascido deu lugar a movimentos mais serenos e arredondados. Aos 2 meses, a criança também começa a conseguir pegar objetos voluntariamente. No início, o ato de pegar alguma coisa era mais involuntário e instintivo. A aptidão vai se aprimorando nos próximos meses, e aos 4 meses ela conseguirá segurar o que quiser. 
Será que o desenvolvimento do meu filho é normal? 
Lembre-se, cada bebê é de um jeito e atinge os marcos de desenvolvimento físico no seu próprio ritmo. O que apresentamos são apenas referências das etapas que seu filho tem potencial para alcançar - se não agora, em pouco tempo. 
Caso seu filho tenha nascido prematuro, você provavelmente vai notar que ele leva um pouco mais de tempo para fazer as mesmas coisas que outras crianças de idade similar. Por esse motivo, os pediatras costumam dar aos prematuros duas idades: a cronológica (guiada pelo aniversário) e a corrigida (calculada como se ele tivesse nascido no dia em que a gestação completaria 40 semanas). Você deve comparar seu bebê com a idade corrigida, e não com a cronológica. E não se preocupe, a maioria dos médicos avalia o desenvolvimento do prematuro contando a partir da data que era prevista para o nascimento, e acompanha todo seu progresso levando isso em conta. 
Em caso de dúvidas sobre o desenvolvimento do seu filho, converse com o pediatra.
Fonte: http://brasil.babycenter.com/baby/desenvolvimento/02m0w/

Xixi na mamãe...cocô no papai

Ai aiaiaiai...como é lindo ter a oportunidade de criar os filhos, de ser mãe, eu tenho amado tudo isto, cada momento, cada reação deles pra mim é fenomenal. Cansada, estou sim, mas quando eu vejo os rostinhos deles, e alguma reação eu me desmonto toda, babo mesmo.
Ultimamente tem sido assim, meu rapazinho resolveu mijar em mim , ele ama fazer isso, morre de rir quando estica o pipiu e manda ver na mamãe aqui, é incrível, eu coloco em cima do trocador, tiro a fralda e limpo ele, pra ele logo começar a festa...ando com cheiro de xixi, se chegar alguém de surpresa em minha casa vai sentir logo o cheirinho. Outra coisa que já aconteceu aqui com a gente foi levarmos um jato de bosta, simmmmmmmm, aconteceu duas vezes, uma fenomenal no papai que tava trocando fralda e a bebezinha lançou um jato potente, que sujou a bermuda toda do paizinho, fazer o que né, é rir. Eu também já fui "vítima", mas o jato não chegou em mim, estava na troca de fralda quando de repente, vejo aquela cachoeira de cocô vindo...
São coisinhas tão simples, mas que marcam muito a gente. 
Tenho percebido cada dia uma coisinha diferente neles, agora estão na fase do sorriso, morrem de rir quando a gente chega perto, correspondem a brincadeirinhas, é lindo.
Obrigada Senhor por me deixar passar por isto!!!!
PS: Agora mesmo estou aqui mijadaaaa kkkkkkkk....

Vacinas do segundo mês e outras coisas mais...


Na falta de tempo para estar aqui no meu precioso cantinho não falei das vacinas de segundo mês.

Pra começar eu não tenho coragem de ir ver, quem leva é o pai, não vi o teste do pezinho, nem as vacinas iniciais, nada que faz eles "sofrerem" eu não vejo; sou uma mãe tão louca que eu provo tudo antes de dar pra eles, remédios deles eu tomo todos antes deles, e vejo o porquê de tanta cara feia que eles fazem kkkkkkkkkkkkkkk, participo mesmo de tudo, visto a camisa da super mãe, e provo tudo. Outra coisa que fiz na loucura é com o shampoo que diz que num arde os olhos, eu não acreditava mesmo,aí já imaginam o que fiz né... enchi a mão , fiz aquela espuma boa e botei nos olhos, e foi uma belezura, num arde mesmo não, abri os olhos e ainda conversei com o papai deles que é claro caiu na risada...
Bom, voltando as vacinas, ooo dó é muito triste a reação, meus bebes são muito calmos, mas já fomos avisados no posto de saude que ia dar reação que poderia variar, já voltamos para  casa com o paracetamol pra dar quando desse febre. Bom, eles gritaram a noite demais, mas aquele choro diferente do acostumado, profundo, grosso e muito lamentoso...aí a gente deu um banho morninho, colocando na perninha pra desinchar, monitoramos a febre que não ficou forte não, não passou dos 37 e logo medicamos. No outro dia, graças a Deus já acordaram bem, sorrindo e melhoraram muito, e pelo que fui avisada das possíveis reações até que não foi tão forte, já falaram de bebês que dão febre alta, ficam manhosos demais, vomitam, tudo.
Então amigas, tenham o cartão de vacinação de seus pequenos em dia e lembrem-se vocês são responsáveis pela saúde deles, não se esqueçam, eu já organizei a agenda do meu celular todo com o calendário, pra nunca esquecer, pois na correria do dia-a-dia, não vale a pena arriscar.
Calendário disponivel em:
 http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=21462

Refluxo, cólica, gases...



Eu nunca havia cuidado de um bebê na minha vida, sou filha única, nem sei o que é ter irmãozinhos novos, não tive sobrinhos, nada, nada de bebezinhos em minha vida, até que tenho a benção dos meus gêmeos e imaginem, o que eu estou fazendo. Digo que estou me virando, já errei demais, tive que aprender na marra, e ainda estou em processo de aprendizagem. Fiz um curso de gestante pela internet, no site Bebe.com.br, é muito bom, mas na hora do vamos ver, adeus teoria, vai tudo por água abaixo, o que aprendemos não dá pra colocar em prática, não sei se é porque no meu caso é tudo em dobro e a pressão é maior, mas tenho tido que me virar aqui. Já ouvi de tudo, é gente dando conselho daqui, de lá, uns eu acato e agradeço, mas não suporto ouvir: " não pega o menino no colo que vai ficar com manha"...e daí se eu quiser. Ai meu Deus, desculpem o desabafo!!!!!!!!
Bom, já passamos por tudo que os bebês sentem nesta idade, refluxo eu descobri que meu bebe menino tem, não é daqueles graves não, mas ele golfa sempre, temos que deixar ele arrotar e aprendi que devo ficar uns 15 a 20 minutos com ele na posição em pé, pra arrotar mesmo, porque no início eu não fazia assim e ele ficava se contorcendo na cama tadinho, era por causa do refluxo que causa esta inquietação nos bebês, mas aprendi e tem dado muitoooooo resultado, minha coluna fica um lixo, mas eu fico bem por saber que estou aliviando ele. 
Gases, outro incômodo, tem demais, aí damos aqueles remédios a base de dimeticona que pode ter vários nomes, flagás, espasmo flatol,  luftal, entre outros, o remedim é bom mesmo , alivia, é so enquanto dá. Meu pediatra disse que não é bom dar sempre, mas não são eles que tem os bebês em casa, como vou deixar eles sofrerem se eu tenho a solução....
Cólicas, até que eles não tem muita, mas tem de vez em quando e sofrem muito aí fazemos massagens e alivia bastante.
Já passei pelos engasgos, pelos leites que saem pelo nariz, por secreçoes, tudo mesmo e digo, cada dia é um aprendizado. Temos que ter paciência e acreditar no que dizem que com 3 mêses tudo passa, to esperando eles completarem pra ver se é verdade mesmo. 

Gravidez pós-perda: como foi

Agora vou falar da gravidez pós - perda, algo muito complicado, quem tá passando por este momento pode se preparar para enfrentar as mais diversas sensações, que vão da alegria extrema ao alcançar a graça da nova gestação, o medo que chega a ser um pavor quando associamos as duas histórias, enfim, um momento de muita instabilidade na vida de uma mulher. 
Bom, eu passei por uma nova gravidez, e isso aconteceu muito rápido, exatos 9 mêses depois da perda do meu amado Lucas, eu engravidei novamente, não foi programado por mim, mas por meu marido srsrrrs, é verdade, ele queria tanto reconstituir a vida, retomar tudo que uma nova gravidez era tudo pra ele, agora me perguntem: e para mim? Respondo imediatamente: não sei exatamente o que responder, mas eu queria muito um filho, mas o medo, o trauma foi tão grande que isso me impedia de "andar pra frente", de querer viver tudo de novo, porque quendo ou não, para mulher é mais complicado, é reviver tudo fisicamente e psicologicamente, afinal somos nós que engravidamos srrsrsrs. Depois de muito pensar eu decidi tentar de novo e  da primeira tentativa eu não consegui, fiquei na expectativa, fiz exame de gravidez, porque devido a ansiedade a menstruaçõ até atrasou mesmo e no mês seguinte, quando eu menos esperava, eu engravidei, e já sabia que estava grávida, só fiz o exame para levar pro médico ver. 
Foi um longo caminho, as 37 semanas mais longas da minha vida, eu não sabia como reagir a tudo, eu fiquei super feliz, mas ao mesmo tempo o medo me impedia de viver intensamente, era uma nova gravidez e infelizmente eu não conseguia desassociar as histórias, eu pensava estar vivendo tudo novamente e sempre pensava que no final daria errado de novo, mesmo sabendo que era tudo novo e que a fé que tenho em Deus não permitiria que eu engravidasse pra dar errado.
Diante deste drama vivido por uma mulher que engravida depois de perder um bebê, eu deixei de viver a gravidez e hoje arrependo, mas ao mesmo tempo me perdôo porque não é fácil, é compreensível todas as reações diante da situação.Foi tudo tão intenso e dramático que até o final eu não comprei nada de enxoval, não montei quartinho nada, apesar de que eu tinha o enxoval do Lucas guardado, eu ainda tinha uma mocinha e mesmo sendo louca com uma filha eu não me premiti dar o "ataque de rosa", não comprei uma peça de roupa pra ela, nas ultimas semanas minha mãe que veio pra minha casa e ela resolveu entrar e mexer no enxoval e lavar tudo, minha concunhada veio com umas roupas de menina que ela havia ganhado pra mim e lavou, passou e me ajudou a arrumar tudo, foi assim gente, um drama, sabe o que é você querer e não conseguir mover, literalmente, eu não conseguia mover-me, eu não tinha coragem de comprar nada. Outra coisa, infelizmente, da qual me arrependo, eu não me apegava a barriga, não cantava pra eles, não acariciava, por causa do medo, nossa, hoje me arependo tanto disto, e com eles aqui eu faço de tudo pra recompensar esta ausência durante a gravidez, eu brinco muito com eles, abraço, beijo, acaricio, converso demais, pra criar o vínculo que não fiz na gravidez.
Então é isto, estive pensando muito sobre isto hoje e vim aqui, achando um tempinho enquanto eles dormem pra eu poder escrever aqui, porque quem estiver grávida novamente saiba que não é fácil, mas um conselho eu dou, mesmo que o medo seja maior, tentem criar um vículo, comprem roupinhas, arrume tudo acaricie a barriga, pois tudo passa muito rápido, creiam que tudo dará certo.

Cuidados com os gêmeos

O título foi pra chamar mais a atenção, porque os cuidados que estou tendo se aplicam a qualquer bebê, a diferença é que com a gente é tudo em dobro, tanto o prazer, a alegria, como também o cansaço, não há como mentir aqui.
Agora digo que já estou um pouquinho menos apavorada com as coisas, já se foram quase 2 mêses e o drama do início, quando eu chorava porque eles choravam passou, agora eu estou mais acostumada e quando choram eu tento resolver, mas sabem, até que eles são calmos, pelos relatos que eu ouço, de pais ficarem a noite toda balançando o bebê porque ele chora, isso não aconteceu comigo, espero que nunca aconteça. Eles tem bom sono, claro que acordam durante a noite, no início eram mais vezes, hoje já são 2 a 3 vezes a contar até o dia amanhecer, e isso toma tempo sim, porque dar a mamada deles significa trocar a fralda, dar mamadeira, colocar os 15 a 20 minutos pra arrotar e depois fazer eles dormirem, contabilizando tudo, gastamos em média mais ou menos 1 hora com eles. Ainda não tivemos uma noite de sono inteira porque eles ainda dormem com a gente na cama, não briguem nem se espantem, por favor, vou justificar: meu rapazinho tem refluxo e ele volta muito leite pelo nariz o que nos delega a função de ficar de olho mesmo nele, porque por várias vezes ele já engasgou e deixá-lo sozinho no berço seria arriscado demais, sendo assim, enquanto não passar essa fase não colocaremos no berço.Eles são muito sensíveis, não sei se é porque nasceram prematuros, não são extremos, mas não completei as 37 semanas de gestação, então vejo que eles são um pouco mais "delicados" que bebezinhos que nascem de 40 semanas.
Bom, como já relatei, adaptamos com o leite NESTOGENO, que controlou o intestino deles, tem horas que estão mamando e soltam aquela "borrada" fenomenal, dá até um estouro, eu morro de rir da cena, não consigo me conter. Engraçado que quando eu não era mãe, quando alguém trocava o bebê perto de mim, na minha casa eu quase botava as tripas pra fora de tanto nojo, de tanta catinga que sentia, mas pasmem, eu com meus filhos eu não sinto fedor no cocô, eu acho super normal o cheiro...troco as fraldas com todo cuidado, lambuzo as vezes todo o lencinho umidecido com cocô e não tenho um pingo de nojo, minha mãe diz que é o amor que temos e so pode ser, porque cocô continua sendo cocô...Falando nisso, fraldas eu tenho gastado demais, ainda tenho fraldas que ganhei com as visitas que recebi, desta vez eu não fiz chá de bebê e me arrependo, se eu tivesse feito teria juntado muito mais, o que pra nós é vantagem, com os gastos totais, o que ganhamos nos ajuda bastante. Roupinhas eu ganhei muitas, até hoje eu não comprei quase nada, e suja muito, mas a sujeira é por causa do tanto que golfam, ou que fazem xixi, é incrível, não tem uma troca que o menino não esguicha xixi em mim ou no pai, a mocinha faz também, mas é bem menos que ele e quando isto acontece vamos lá trocar toda a roupinha de novo.
Ainda não conseguimos estabelecermos uma rotina aqui, levantamos mais tarde porque sempre coincide uma mamada deles de manha, por volta das 5 ou 6 da manha e assim nos aproveitamos as 3 horinhas de sono deles pós mamada e dormimos pra gente aguentar o tranco do dia; levantamos e ficamos mais uma hora trocando arrumando tudo e isso fazemos em jejum, porque não da tempo de tomar café correndo, preferimos fazer tudo, e depois que eles dormem é que vamos tomar nosso sagrado café e isso gente já vai dar umas 11 da manha, meu almoço tem saído por volta de 3:00 da tarde, acreditem e imaginem como tem sido a minha rotina, ou melhor, falta de rotina.Também não tenho comido durante o dia como era antes, so vamos lanchar, já tarde e deve ser por isto que já perdi todos os quilos que engordei, isso é otimo né...
Meu marido tá de licença  e isso me ajuda muito, minha ajudante me deixou, mudou pra outra cidade e ja tem 2 semanas que estou sem ajudante em casa, to fazendo tudo sozinha, meu marido fica olhando eles pra mim enquanto eu lavo a roupa, faço almoço, arrumo casa e me viro nos 30, é muito cansativo, quando chega a noite to um lixo, fico vidrada mesmo, demoro a "desligar", agora mesmo já são meia noite e eu to aqui escrevendo pra vocês, é a forma que tenho pra estar aqui...
O banho, como ainda ta muitoooooooooo frio por aqui eu tenho dado apenas 1 banho por dia, exceto quando eles fazem aquele mundo de cocô que vaza pelas costas, pernas, roupa , aí a gente dá 2 banhos, e eles adoram, não choram, até parecem divertir e o melhor, eles relaxam muito, depois do banho eles aumentam as horas de sono. 
Então gente bonita, é isso, mais ou menos isso, ou melhor, o que eu consigo escrever com o tempinho que tenho aqui pra blogar, pra visitar os cantinhos das amigas queridas e pra ver os comentários.
Vida de mamãe de gêmeos não é facil, mas é tudo que eu sempre quis, é o melhor dos trabalhos, e gratificante, maravilhoso, digo:" posso estar com olheiras que chegam nos joelhos, mas em compensação, meu sorriso vai de ponta a ponta."
Obrigada Senhor.

Matéria: Volte a ter o corpo anterior a gravidez em 6 mêses

NO MEU CASO FOI MUITO DIFÍCIL RECUPERAR A FORMA, PORQUE NA PRIMEIRA GRAVIDEZ EU ENGORDEI 22KG, DEMAIS NÉ E EU JA NÃO ERA MAGRINHA. 
ENGRAVIDEI NOVAMENTE EM MUITO POUCO TEMPO, EMBORA NA GRAVIDEZ GEMELAR EU ENGORDEI APENAS 12KG (POR CONTA DE UM ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL RIGOROSO), MAS ENTÃO, ESTOU RECUPERANDO, A BARRIGA QUE FICA MEIO MOLENGA, MAS FAZ PARTE, É DAR TEMPO AO TEMPO. 
ESTAVA LENDO ESTE ARTIGO E ACHEI INTERESSANTE, VALE A PENA LER. 
Depois que o bebê nasce, começa a contagem: quanto tempo será necessário para que você volte a ter o corpo de antes? As estrias, as manchas no rosto, a flacidez, o inchaço e os quilos a mais costumam constar no pacote de reclamações mais comuns. Mas a amamentação e os cuidados com a criança precisam ser levados em conta antes de iniciar qualquer tratamento, afirma o dermatologista Caio Roberto Shwafaty de Siqueira, do Hospital Vila Mariana. Sessões de drenagem linfática, aplicações de laser e peelings estão na lista de alternativas que precisam de acompanhamento e avaliação médica antes de serem incluídos na sua rotina.
O plano abaixo foi cuidadosamente montado por Caio Roberto, além do ginecologista Sidney Sanchez, também do Hospital Vila Mariana, da ginecologista Rosa Maria Neme, da nutricionista Maria Izabel Barros Carderelli e da dermatologista Erika Voltan, todas do Centro de Endometriose de São Paulo, e mostra como é possível, em menos de um ano após o nascimento do bebê, voltar à forma anterior à gravidez sem pôr sua saúde em xeque.
Primeiro mês
Nos primeiros 45 dias pós-parto, todo o corpo da mulher passa por readaptações: sai do estado de grávida e passa para o estado de lactente. Os inchaços das pernas e das mãos, tão comuns no final da gravidez, aos poucos desaparecem. Sessões de drenagem linfática com fisioterapeutas podem ser realizadas de uma a duas vezes por semana para amenizar esse sintoma. Nesta fase, a pele da barriga, das mamas, das coxas e do bumbum pode adquirir aspecto flácido, com acentuação das estrias, principalmente se você engordou demais na gestação. Aplique cremes emolientes à base de óleos vegetais (amêndoas e macadâmia, por exemplo) diversas vezes ao dia,eles reduzem a quantidade de estrias e aliviam a flacidez no pós-parto.
Já na primeira semana pós-parto, é possível notar a perda de peso (ocasionada pela saída do bebê e pela perda da placenta e do líquido amniótico). Além disso, ocorre a involução uterina num processo que leva cerca e 40 dias para se completar, com o útero voltando à forma que tinha antes da gravidez. A alimentação deve ser equilibrada e natural, sem restrições, porém sem excessos de alimentos ácidos e condimentados, que podem prejudicar o leite. É uma fase de abstinência sexual e também de repouso quanto a atividades físicas
Segundo mês
A perda de peso continua. Em geral, mulheres que ganharam até 12 quilos durante a gestação tendem a voltar ao peso de antes a partir deste momento, desde que estejam amamentando normalmente. A não ser que haja alguma complicação, a rotina de exercícios físicos pode ser, aos poucos, retomada. É recomendado que o treino foque o fortalecimento da parede abdominal, do períneo e o ganho de massa muscular. Os exercícios aeróbios precisam ser leves, porque eles podem comprometer o aleitamento.
Os peelings químicos (para tratamento das estrias) e a aplicação de aparelhos de radiofreqüência (marcas Accent, Thermacool, para tratamento de flacidez leve) estão permitidos a partir desta fase, desde que conduzidos por um dermatologista. Mas, durante a amamentação, apenas o peeling de ácido glicólico é recomendável. Os casos de flacidez excessiva pedem avaliação de um cirurgião plástico. O melasma, mancha acastanhada que parece no rosto de algumas mulheres, tende a sumir naturalmente após 60 dias do parto. Para acelerar o tratamento, filtros solares e cremes clareadores à base de ácidos de frutas (ácidos glicólicos, mandélicos e lático) são indicados. Evite produtos com hidroquinona, que deixa a pele muito sensível.
Terceiro mês
Os exercícios de musculação para a parede abdominal devem ser reforçados ainda mais, aumentando o número de repetições. Isso ajuda no combate à flacidez abdominal. Exercícios aeróbios, combinados à amamentação, também agem no controle do peso ideal.
A aplicação de aparelhos de laser, de Luz Intensa Pulsada (LIP) usados para depilação, rejuvenescimento, tratamento de manchas no rosto e vasinhos de rosto e pernas está permitida, aliviando vestígios deixados pelos inchaços e outros problemas de circulação sanguínea.
Quarto mês
A distensão uterina nos nove meses de gestação leva a uma flacidez do abdômen, que pode levar de quatro a seis meses para ser corrigida. Com exercícios físicos, sessões de drenagem e uma alimentação balanceada é provável que, a partir deste mês, você retome a barriga anterior à gestação.
Quinto mês
Nesta fase, seu corpo já está acostumado aos exercícios. Além de ganhar mais tônus muscular, é possível observar ganho de força. As manchas e as estrias tendem a sumir, principalmente se o seu bebê nasceu numa época de sol menos intenso, quando os tratamentos de beleza apresentam resultados mais rápidos.
Sexto mês Nos seis meses pós-parto a maioria das mulheres apresenta queda fisiológica e intensa dos cabelos. Mas não é que eles passam a cair demais nesta fase: ao contrário, durante a gravidez, as mudanças hormonais causam uma espécie de bloqueio na perda capilar, que deixam de cair na quantidade adequada. Algumas mulheres, entretanto, têm queda mais acentuada, sendo necessária uma avaliação do dermatologista para regular qualquer variação hormonal mais intensa.
Sétimo mês Passado este tempo, seu corpo e o rosto já devem ter voltado aos padrões de antes. Quem parou de amamentar pode pensar em tratamentos que incluem aplicação de toxina botulínica e de preenchedores cutâneos, no combate às rugas na face. O útero também já regrediu à forma mantida antes da gravidez e, caso tenha seguido um plano de treino, nem a flacidez incomoda mais.

fonte: http://yahoo.minhavida.com.br/familia/galerias/3477-siga-este-plano-e44-em-seis-meses44-volte-a-ter-o-corpo-anterior-a-gravidez