SEJAM BEM VINDOS!

Matéria: Volte a ter o corpo anterior a gravidez em 6 mêses

NO MEU CASO FOI MUITO DIFÍCIL RECUPERAR A FORMA, PORQUE NA PRIMEIRA GRAVIDEZ EU ENGORDEI 22KG, DEMAIS NÉ E EU JA NÃO ERA MAGRINHA. 
ENGRAVIDEI NOVAMENTE EM MUITO POUCO TEMPO, EMBORA NA GRAVIDEZ GEMELAR EU ENGORDEI APENAS 12KG (POR CONTA DE UM ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL RIGOROSO), MAS ENTÃO, ESTOU RECUPERANDO, A BARRIGA QUE FICA MEIO MOLENGA, MAS FAZ PARTE, É DAR TEMPO AO TEMPO. 
ESTAVA LENDO ESTE ARTIGO E ACHEI INTERESSANTE, VALE A PENA LER. 
Depois que o bebê nasce, começa a contagem: quanto tempo será necessário para que você volte a ter o corpo de antes? As estrias, as manchas no rosto, a flacidez, o inchaço e os quilos a mais costumam constar no pacote de reclamações mais comuns. Mas a amamentação e os cuidados com a criança precisam ser levados em conta antes de iniciar qualquer tratamento, afirma o dermatologista Caio Roberto Shwafaty de Siqueira, do Hospital Vila Mariana. Sessões de drenagem linfática, aplicações de laser e peelings estão na lista de alternativas que precisam de acompanhamento e avaliação médica antes de serem incluídos na sua rotina.
O plano abaixo foi cuidadosamente montado por Caio Roberto, além do ginecologista Sidney Sanchez, também do Hospital Vila Mariana, da ginecologista Rosa Maria Neme, da nutricionista Maria Izabel Barros Carderelli e da dermatologista Erika Voltan, todas do Centro de Endometriose de São Paulo, e mostra como é possível, em menos de um ano após o nascimento do bebê, voltar à forma anterior à gravidez sem pôr sua saúde em xeque.
Primeiro mês
Nos primeiros 45 dias pós-parto, todo o corpo da mulher passa por readaptações: sai do estado de grávida e passa para o estado de lactente. Os inchaços das pernas e das mãos, tão comuns no final da gravidez, aos poucos desaparecem. Sessões de drenagem linfática com fisioterapeutas podem ser realizadas de uma a duas vezes por semana para amenizar esse sintoma. Nesta fase, a pele da barriga, das mamas, das coxas e do bumbum pode adquirir aspecto flácido, com acentuação das estrias, principalmente se você engordou demais na gestação. Aplique cremes emolientes à base de óleos vegetais (amêndoas e macadâmia, por exemplo) diversas vezes ao dia,eles reduzem a quantidade de estrias e aliviam a flacidez no pós-parto.
Já na primeira semana pós-parto, é possível notar a perda de peso (ocasionada pela saída do bebê e pela perda da placenta e do líquido amniótico). Além disso, ocorre a involução uterina num processo que leva cerca e 40 dias para se completar, com o útero voltando à forma que tinha antes da gravidez. A alimentação deve ser equilibrada e natural, sem restrições, porém sem excessos de alimentos ácidos e condimentados, que podem prejudicar o leite. É uma fase de abstinência sexual e também de repouso quanto a atividades físicas
Segundo mês
A perda de peso continua. Em geral, mulheres que ganharam até 12 quilos durante a gestação tendem a voltar ao peso de antes a partir deste momento, desde que estejam amamentando normalmente. A não ser que haja alguma complicação, a rotina de exercícios físicos pode ser, aos poucos, retomada. É recomendado que o treino foque o fortalecimento da parede abdominal, do períneo e o ganho de massa muscular. Os exercícios aeróbios precisam ser leves, porque eles podem comprometer o aleitamento.
Os peelings químicos (para tratamento das estrias) e a aplicação de aparelhos de radiofreqüência (marcas Accent, Thermacool, para tratamento de flacidez leve) estão permitidos a partir desta fase, desde que conduzidos por um dermatologista. Mas, durante a amamentação, apenas o peeling de ácido glicólico é recomendável. Os casos de flacidez excessiva pedem avaliação de um cirurgião plástico. O melasma, mancha acastanhada que parece no rosto de algumas mulheres, tende a sumir naturalmente após 60 dias do parto. Para acelerar o tratamento, filtros solares e cremes clareadores à base de ácidos de frutas (ácidos glicólicos, mandélicos e lático) são indicados. Evite produtos com hidroquinona, que deixa a pele muito sensível.
Terceiro mês
Os exercícios de musculação para a parede abdominal devem ser reforçados ainda mais, aumentando o número de repetições. Isso ajuda no combate à flacidez abdominal. Exercícios aeróbios, combinados à amamentação, também agem no controle do peso ideal.
A aplicação de aparelhos de laser, de Luz Intensa Pulsada (LIP) usados para depilação, rejuvenescimento, tratamento de manchas no rosto e vasinhos de rosto e pernas está permitida, aliviando vestígios deixados pelos inchaços e outros problemas de circulação sanguínea.
Quarto mês
A distensão uterina nos nove meses de gestação leva a uma flacidez do abdômen, que pode levar de quatro a seis meses para ser corrigida. Com exercícios físicos, sessões de drenagem e uma alimentação balanceada é provável que, a partir deste mês, você retome a barriga anterior à gestação.
Quinto mês
Nesta fase, seu corpo já está acostumado aos exercícios. Além de ganhar mais tônus muscular, é possível observar ganho de força. As manchas e as estrias tendem a sumir, principalmente se o seu bebê nasceu numa época de sol menos intenso, quando os tratamentos de beleza apresentam resultados mais rápidos.
Sexto mês Nos seis meses pós-parto a maioria das mulheres apresenta queda fisiológica e intensa dos cabelos. Mas não é que eles passam a cair demais nesta fase: ao contrário, durante a gravidez, as mudanças hormonais causam uma espécie de bloqueio na perda capilar, que deixam de cair na quantidade adequada. Algumas mulheres, entretanto, têm queda mais acentuada, sendo necessária uma avaliação do dermatologista para regular qualquer variação hormonal mais intensa.
Sétimo mês Passado este tempo, seu corpo e o rosto já devem ter voltado aos padrões de antes. Quem parou de amamentar pode pensar em tratamentos que incluem aplicação de toxina botulínica e de preenchedores cutâneos, no combate às rugas na face. O útero também já regrediu à forma mantida antes da gravidez e, caso tenha seguido um plano de treino, nem a flacidez incomoda mais.

fonte: http://yahoo.minhavida.com.br/familia/galerias/3477-siga-este-plano-e44-em-seis-meses44-volte-a-ter-o-corpo-anterior-a-gravidez




2 comentários:

  1. Ameiiiiiiiii!
    Pena que não li isso antes, mas ainda dá tempo! rsrs

    Beijo pra vocês!

    ResponderExcluir
  2. Ah Roberta dá sim, eu to aqui na luta...bjus a vcs!!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar!